Pães e Cia.

Pastéis de Nata


Difícil 80' Médio

Preparação:

Prepare o creme:
Num tachinho desfaça 60 gr de farinha com um pouco de leite mas de modo a que não se formem grumos. Ferva o restante leite com a canela e a casca de limão. Deite este leite fervido, em fio e mexendo sobre a farinha dissolvida e leve a ferver em lume moderado. Mexa sempre com a colher de pau para que não pegue. Assim que levantar fervura retire do lume.
Misture 0,5 Kg de açúcar dissolvidos com 2,5 dl de água e faça ferver por 3 minutos exactos e retire do lume. Junte depois ao preparado de leite anterior, deixando a calda cair em fio e mexendo bem.
Prepare a massa folhada:
Deite 250 gr de farinha na mesa, abra uma cavidade ao centro e deite nela uma pitada de sal e 1,25 dl de água. Começe a envolver a farinha no centro com a água e vá envolvendo e amassando. Bata bem para que fique elástica. Faça uma bola, polvilhe com farinha e deixe repousar por 30 minutos. Entretanto misture as margarinas e amasse-as bem em pasta bem ligada e amolecida, capaz de ser trabalhada com espátula. Sobre a mesa, estenda a massa com o rolo, polvilhando com o mínimo de farinha possível, para não pegar, mas também para não ficar com muita farinha agarrada. A massa deve ficar com uma espessura de cerca de 3 mm e muito lisa. Com a espátula e muito ao de leve espalhe 1/3 da margarina sobre a massa, mas com muito cuidado para não a arranhar. Evite espalhar muito a margarina até aos bordos. Dobre para dentro em 3 partes (como se estivesse a dobrar uma toalha, ou um crepe), e deixe descansar 5 minutos. Volte a estender a massa como antes, volte a espalhar 1/3 da margarina e dobre novamente como antes. Deixe repousar mais 5 minutos. Mais uma vez, estenda a massa e barre com o último terço de margarina. Depois de bem espalhada, enrole agora a massa em forma de charuto, formando um rolo, em que a margarina se encontra no interior. Estique-a o mais possível enquanto faz esta operação de modo a obter um rolo compacto e comprido. Faça-o rolar sobre a mesa e molde-o até ficar com cerca de 2,5 cm de diâmetro. Corte este rolo em fatias de cercad e 1,5 cm de espessura e coloque cada rodela cortada em cada forminha. Com os dedos polegares molhados em água fira, começe a fazer pressão pelo centro da rodela de massa andando sempre em volta, para que a massa se estenda por igual até aos bordos, mas de modo a que o bordo de cima fique um pouco mais grosso, já que é aqui que a massa vai folhear. Ou seja no fundo e nos lados fica uma camada fina enquanto em cima fica mais grossa. Depois de todas as formas estarem preenchidas com a massa desta forma, coloque-as num tabuleiro.
Entretanto o tachinho com o creme que havia sido preparado já deve estar frio, e assim, junte as 6 gemas, mexa bem , e passe por um passador fino. Com um funil encha as forminhas com o creme, até aos bordos. Leve a cozer em forno muito quente (mínimo de 200ºC). Se não estiver muito quente os pastés não cozem rapidamente e começam a fervilhar. O tempo de cozedura deve ser de 15 minutos. Retire o tabuleiro e os pastéis são retirados das formas com a ajuda da ponta de uma faca, caso não saiam à mão. Sirva quentinhos polvilhados de açúcar em pó e canela.

NOTA: As formas de pastéis de nata são lisas e mais largas e mais baixas que as de tarteletes

Compartilhe:

Composição:
310 gr de  farinha de trigo
½ Lt de  leite
1 casca(s) de  limão
½ kg de  açúcar
2 ½ dl de  água
50 gr de  margarina
150 gr de  margarina para folhados


comments powered by Disqus